não o sabendo, hospedaram anjos.

Satoshi DNAngel - anime - manga

Os tempos mudaram e os anjos também, hoje eles estão já vinculados com as atualidades modernas; eles se vestem social com um blazer e gravata, trabalham em escritórios, agências e são muito discretos na sociedade.

: Nas séries de TV podemos seguir eles tal como em Sobrenatural (Supernatural) e Constantine. (MarcosDS)

Com certeza você viu ou há de ver um anjo aqui ou ali, e até mesmo com outros modos e gostos, bem, o alvo (foco e objetivo) de todos e levar o ser humano ao conhecimento dos céus e de “Deus”.
Hebreus 13:2

Anúncios
não o sabendo, hospedaram anjos.

Que são os anjos ?

o anjo Chaiel, o portador da vida
anjo chaiel #ComicsMitologiaeBíblia

Temos respostas para estas perguntas e a primeira é:

Os anjos não são, todos eles, espíritos ministradores enviados para servir aqueles que hão de herdar a salvação? Hebreus 1:14

Existe um Salmo que declara o que são eles:

Que dos seus anjos faz ventos, e de seus ministros labaredas de fogo.

Faz dos seus mensageiros como nuvens e dos seus servos clarões reluzentes (relâmpagos).

Salmos 104:4

Existe anjos como homens, como pedras preciosas, como bronze polido, como metal reluzente e como fogo:

Olhei e vi uma figura como a de um “homem” (anjo). Do que parecia ser a sua cintura para baixo, ele era como fogo, e dali para cima sua aparência era tão brilhante como metal reluzente. Ezequiel 8:2

Olhei para cima, e diante de mim estava um “homem” (anjo) vestido de linho, com um cinto de ouro puríssimo na cintura.
Seu corpo era como o berilo, o rosto como o relâmpago, os olhos como tochas acesas, os braços e pernas como o reflexo do bronze polido, e a sua voz era como o som de uma multidão. Daniel 10:5,6

Anjos são chamados de: filhos de Deus, enviados, mensageiros, ministros, guerreiros, príncipes, servos, arcontes, protetores, sentinelas e vigilantes.

Que são os anjos ?

Nefilins

nefilim nefilins nephilim nephilins

Chamados de Nephilim no plural eles eram (são) os filhos de Deus (bnei Elohim) do passado, o texto original narra assim:

Viram os filhos de Deus (anjos) que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. Gênesis 6:2

Havia naqueles dias nefilins na terra; e também depois, quando os filhos de Deus entraram às filhas dos homens (descendentes de Caim e Seth) e delas geraram filhos; estes eram os heróis (bravos, destemidos, poderosos, valentes) que houve na antiguidade, os homens de fama. Gênesis 6:4

O primeiro termo para estes é que eles se tornaram maiores que os anjos (malaquins), por isso o significado de eles terem se tornados “gigantes”; o segundo é que eles eram caídos, a natureza, carácter e personalidade era totalmente mal, dai surgiu toda aquela violência nos dias anterior ao dilúvio.

A palavra hebraica original é naphal que significa ele caiu, é encontrada duas vezes na Bíblia, em Gênesis 6.4 e em Números 13.33, aqui neste dois versículos é esclarecido que eles vieram do céu, ou exilados ou por vontade própria.

Vimos também os nefilins, os descendentes de Anaque (Enaque), diante de quem parecíamos gafanhotos, a nós e a eles”. Números 13:33

Esta é a versão canônica, abaixo extrairei a versão secreta:

Capítulo 7
1
E aconteceu depois que os filhos dos homens se multiplicaram
naqueles dias, nasceram-lhe filhas, elegantes e belas.
2
E quando os anjos, (3) os filhos dos céus, viram-nas, enamoraram-se
delas, dizendo uns para os outros: Vinde, selecionemos para nós
mesmos esposas da progênie dos homens, e geremos filhos.
(3) No texto aramaico lê-se “Sentinelas” (J.T. Milik, Aramaic
Fragments of Qumran Cave 4 [Oxford: Clarendon Press, 1976], p. 167).
3
Então seu líder Samyaza disse-lhes: Eu temo que talvez possais
indispor-vos na realização deste empreendimento;
4
E que só eu sofrerei por tão grave crime.
5
Mas eles responderam-lhe e disseram: Nós todos juramos;
6
(e amarraram-se por mútuos juramentos), que nós não mudaremos
nossa intenção mas executamos nosso empreendimento projetado.
7
Então eles juraram todos juntos, e todos se amarraram (ou uniram) por
mútuo juramento. Todo seu número era duzentos, os quais descendiam
de Ardis, (4) o qual é o topo do monte Armon.
(4) de Ardis. Ou, “nos dias de Jared” (R.H. Charles, ed. and trans., The
Book of Enoch [Oxford: Clarendon Press, 1893], p. 63).
8
Aquele monte portanto foi chamado Armon, porque eles tinham juardo
sobre ele, (5) e amarraram-se por mútuo juramento.
(5) Mt. Armon, ou Monte Hermon deriva seu nome do hebreu herem,
uma maldição (Charles, p. 63).
9
Estes são os nomes de seus chefes: Samyaza, que era o seu líder,
Urakabarameel, Akibeel, Tamiel, Ramuel, Danel, Azkeel, Saraknyal,
Asael, Armers, Batraal, Anane, Zavebe, Samsaveel, Ertael, Turel,
Yomyael, Arazyal. Estes eram os prefeitos dos duzentos anjos, e os
restantes estavam todos com eles. (6)
(6) O texto aramaico preserva uma lista anterior dos nomes destes
Guardiães ou Sentinelas: Semihazah; Artqoph; Ramtel; Kokabel; Ramel;
Danieal; Zeqiel; Baraqel; Asael; Hermoni; Matarel; Ananel; Stawel;
Samsiel; Sahriel; Tummiel; Turiel; Yomiel; Yhaddiel (Milik, p. 151).
10Então eles tomaram esposas, cada um escolhendo por si mesmo; as
quais eles começaram a abordar, e com as quais eles cohabitaram,
ensinando-lhes sortilégios, encantamentos,e a divisão de raízes e
árvores.
11E as mulheres conceberam e geraram gigantes, (7).
(7) O texto grego varia consideravelmente do etíope aqui. Um
manuscrito grego acrescenta a esta secção, “E elas [as mulheres]
geraram a eles [as Sentinelas] três raças: os grandes gigantes. Os
gigantes trouxeram [alguns dizem “mataram”] os Naphelim, e os
Naphelim trouxeram [ou “mataram”] os Elioud. E eles sobreviveram,
crescendo em poder de acordo com a sua grandeza.” Veja o registro no
Livro dos Jubileus.
12Cuja estarura era de trezentos cúbitos. Estes devoravam tudo o que o
labor dos homens produzia e tornou-se impossível alimentá-los;
13Então eles voltaram-se contra os homens, a fim de devorá-los;
14E começaram a ferir pássaros, animais, répteis e peixes, para comer
sua carne, um depois do outro, (8) e para beber seu sangue.
(8) Sua carne, um depois do outro. Ou, “de uma outra carne”. R.H.
Charles nota que esta frase pode referir-se à destruição de uma classe de
gigantes por outra. (Charles, p. 65).
15Então a terra reprovou os injustos.
Capítulo 8
1
Além disso, Azazyel ensinou os homens a fazerem espadas, facas,
escudos, armaduras (ou peitorais), a fabricação de espelhos e a
manufatura de braceletes e ornamentos, o uso de pinturas, o
embelezamento das sobrancelhas, o uso de todo tipo selecionado de
pedras valiosas, e toda sorte de corantes, para que o mundo fosse
alterado.
2
A impiedade foi aumentada, a fonicação multiplicada; e eles
transgrediram e corromperam todos os seus caminhos.
3
Amazarak ensinou todos os sortilégios, e divisores de raízes:
4
Armers ensinou a solução de sortilégios;
5
Barkayal ensinou os observadores das estrelas, (9)
(9) Observadores das estrelas. Astrólogos (Charles, p. 67).
6
Akibeel ensinou sinais;
7
Tamiel ensinou astronomia;
8
E Asaradel ensinou o movimento da lua,
9
E os homens, sendo destruídos, clamaram, e suas vozes romperam os
céus.
Capírulo 9
1
Então Miguel and Gabriel, Radael, Suryal, and Uriel, olharam abaixo
desde os céus, e viram a quantidade de sangue que era derramada na
terra, e toda a iniquidade que era praticada sobre ela, e disseram um ao
outro; Esta é a vóz de seus clamores;
2
A terra desprovida de seus filhos tem clamado, mesmo até os portões
do céu.
3
E agora a ti, ó Santo dos céus, as almas dos homens queixam-se,
dizendo: Obtem justiça para conosco com o Altíssimo (10). Então eles
disseram ao seu Senhor, o Rei: Tu és Senhor dos senhores, Deus dos
deuses, Rei dos reis. O trono de Tua glória é para sempre e sempre, e
para sempre seja Teu nome santificado e glorificado.
(10) Obtém justica para conosco. Literalmente, “Traz julgamento para
nós do…” (Richard Laurence, ed. and trans., The Book of Enoch the
Prophet [London: Kegan Paul, Trench & Co., 1883], p. 9).
4
Tu fizeste todas as coisas; Tu possuis poder sobre todas as coisas; e
todas as coisas estão abertas e manifestas diante de Ti. Tu vês todas as
coisas e nada pode esconder-se de Ti.
5
Tu viste o que Azazyel tem feito, como ele tem ensinado toda espécie
de iniquidade sobre a terra, e tem aberto ao mundo todas as coisas
secretas que são feitas nos céus.
6
Samyaza também tem ensinado sortilégios, para quem Tu deste
autoriadde sobre aqueles que estão associados Contigo. Eles tem ido
juntos às filhas dos homens, têm-se deitado com elas; têm-se
contaminado;
7
E têm descoberto crimes a elas. (11)
(11) Discoberto crimes. Ou, “revelado estes sinais” (Charles, p. 70).
8
As mulheres igualmente têm gerado gigantes.
9
Assim toda a terra tem se enchido de sangue e iniquidade.
10E agora, vês que as almas daqueles que estão mortos clamam.
11E queixam-se até ao portão do céu.
12Seus gemidos sobem; nem podem eles escapar da injustiça que é
cometida na terra. Tu conheces todas as coisas, antes de elas existirem.
13Tu conheces estas coisas, e o que tem sido feito por eles; já Tu não
falas a nós.
14O que, por conta destas coisas, devemos fazer contra eles?
Capítulo 10
1
Então o Altíssimo, o Grande e Santo falou,
2
E enviou a Arsayalalyur (12) ao filho de Lamech,
(12) Arsayalalyur. No texto em grego lê-se “Uriel”.
3
Dizendo: Diz a eles em Meu nome: Esconde-te.
4
Então explicou-lhe a consumação que está preste a acontecer; pois toda
a terra perecerá; as águas do dilúvio virão sobre toda a terra, e todas os
que estão nela serão destruídos.
5
E agora, ensina-o como ele pode escapar, e como sua semente pode
permanecer em toda a terra.
6
Novamente o Senhor disse a Rafael: Amarra a Azazyel, mãos e pés;
lança-o na escuridão; e abrindo o deserto que está em Dudael, lança-o
nele.
7
Arremessa sobre ele pedras agudas, cobrindo-o com escuridão;
8
Lá ele permanecerá para sempre; cobre sua face, para que ele não possa
ver a luz.
9
E no grande dia do julgamento lança-o ao fogo.
10Restaura a terra, a qual os anjos corromperam; e anuncia vida a ela,
para que Eu possa recebê-la.
11Todos os filhos dos homens, sua descendência, não perecerão em
consequência de todo segredo, pelo qual as Sentinelas têm destruído, e o
que eles ensinaram;
12Toda a a terra tem se corrompido pelos efeitos dos ensinamentos de
Azazyel. A ele, portanto, se atribui todo crime.
13A Gabriel também o Senhor disse: Vai aos bastardos, (13) aos réprobos,
aos filhos da fornicação; e destrói os filhos da fornicação, a
descendência das Sentinelas de entre os homens; traz-os e excita-os ums
contra os outros. Faz-os perecer por mútua matança; pois o
prolongamento de dias não será deles.
(13) “bastardos” (Charles, p. 73; Michael A. Knibb, ed. and trans., The
Ethiopic Book of Enoch [Oxford: Clarendon Press, 1978], p. 88).
14Eles rogarão a ti, mas seus pais não obterão seus desejos com respeito
a eles; pois eles esperaram por vida eterna, e que eles possam viver,
cada um deles, quinhentos anos.
15A Miguel, igualmente o Senhor disse: Vai e anuncia seus próprios
crimes a Samyaza, e aos outros que estão com ele, os quais têm se
associado às mulheres para que se contaminem com toda sua impureza.
E quando todos os seus filhos forem mortos, quando eles virem a
perdição dos seus bem-amados, amarra-os por setenta gerações debaixo
da terra, mesmo até o dia do julgamento, e da consumação, até o
julgamento, cujo efeito que dura para sempre, seja completado.
16Então eles serão levados para as mais baixas profundezas do fogo em
tormentos; lá eles serão encerrados em confinamento para sempre.
17Imediatamente depois disso ele, (14) juntamente com os outros,
queimarão e perecerão; eles serão amarrados até a consumação de
muitas gerações.
(14) Ele. I.e., Samyaza.
18Destrói todas as almas viciadas na luxúria, (15) e a descendência das
Sentinelas, pois eles tiranizam a humanidade.
(15) “luxúria” (Knibb, p. 90; cp. Charles, p. 76).
19Que todo opressor pereça na face da terra;
20Que toda má obra seja destruída;
21A semente da justiça e da retidão apareça, e o que é produtivo torne-se
uma bênção.
22Justiça e retidão serão plantados para sempre com prazer.
23E então todos os santos darão graças, e viverão até terem gerado
milhares de filhos, enquanto todo o período se sua juventude, e seus
sábados, serão completados em paz. Naqueles dias toda a terra será
cultivada em retidão; ela será totalmente cultivada com árvores, e será
cheia de bendições; toda árvore de delícias será plantada nela.
24Vinhas serão plantadas; e a vinha que nela será plantada produzirá
frutos para saciedade; toda semente que nela será semeada produzirá
mil por uma medida; e uma medida de olivas produzirá dez prensas de
óleo.
25Purifica a terra de toda opressão, de toda injustiça, de todo crime, de
toda impiedade, e de toda impureza que é cometida sobre ela.
Extermina-os da terra.
26Então todos os filhos dos homens serão justos, e todas as nações me
pagarão divinas honras, e Me abençoarão; e todos Me adorarão.
27A terra será limpa de toda corrupção, de toda punição e de todo
sofrimento; Eu não enviarei novamente dilúvio sobre ela, de geração em
geração para sempre.
28Naqueles dias Eu abrirei terouros de bênçãos que estão nos ceús, para
que Eu possa fazê-las descer sobre a terra, e sobre todos os trabalhos e
labores do homem.
29Paz e eqüidade se associará aos filhos dos homens todos os dias do
mundo, em cada uma de suas gerações.
(Capítulo 11- não tem)
Capítulo 12
1
Antes de todas estas coisas acontecerem, Enoque esteve escondido; e
nenhum dos filhos dos homens sabia onde ele estava, onde ele havia
estado, e o que havia acontecido.
2
Ele esteve totalmente engajado com os santos, e com as Sentinelas em
seus dias.
3
Eu, Enoque, fui abençoado pelo grande Senhor e Rei da paz.
4
E eis que as Sentinelas chamaram-me Enoque, o escriba.
5
Entao o Senhor disse-me: Enoque, escriba da retidão, vai e dize às
Sentinelas dos céus, os quais desertaram o alto céu e seu santo e eterno
estado, os quais foram contaminados com mulheres.
6
E fizeram como os filhos dos homens fazem, tomando para si esposas,
e os quais têm sido grandemente corrompidos na terra;
7
Que na terra eles nunca obterão paz e remissão de pecados. Pois eles
não se regozijarão em sua descendência; eles verão a matança dos seus
bem-amados; lamantarão a destruição dos seus filhos e farão petição
para sempre; mas não obterão misericórdia e paz.
Capítulo 13
1
Então Enoque, passando ali, disse a Azazyel: Tu não obterás paz. Uma
grande sentença há contra ti. Ele te amarrará;
2
Socorro, misericórdia e súplica não estarão contigo por causa da
opressão que tens ensinado;
3
E por causa de todo ato de blasfêmia, tirania e pecado que tens
descoberto aos filhos dos homens.
4
Então partindo dele, falei a eles todos juntos;
5
E eles todos ficaram apavorados, e tremeram;
6
Abençoando-me por escrever por eles um memorial de súplica, para
que eles pudessem obter perdão; e que eu fizesse um memorial de suas
orações ascendendo diante do Deus do céu; porque eles, por si mesmos,
desde então não podiam dirigir-se a Ele, nem levantar seus olhos aos
céus por causa da infame ofensa com a qual eles foram julgados.
7
Então eu escrevi um memorial de suas orações e súplicas, por seus
espíritos, por tudo o que eles haviam feito, e pelo assunto de sua
solicitação, para que eles obtivessem remissão e descanço.
8
Procedendo nisso, eu continuei sobre as águas de Danbadan, (16) as
quais estão da direita para o oeste de Armon, lendo o memorial de suas
orações, até que caí adormecido.
(16) Danbadan. Dan in Dan (Knibb, p. 94).
9
E eis que um sonho veio a mim, e visões apareceram acima de mim. E
caí e vi uma visão de castigos, para que eu pudesse ralatá-la aos filhos
dos céus, e reprová-los. Quando eu acordei fui até eles. Todos estavam
reunidos chorando em Oubelseyael, que está situada entre o Libano e
Seneser, (17) com suas faces escondidas.
(17) Libanos e Seneser. Líbano e Senir (próximo a Damasco).
10E relatei em sua presença todas as visões que eu havia visto, e meu
sonho;
11E comecei a pronunciar estas palavras de retidão, reprovando as
Sentinelas do céu.
Capítulo 14
1
Este é o livro das palavras de retidão, e de reprovação das Sentinelas,
os quais pertencem ao mundo, (18) de acordo com o que Ele, que é santo
e grande, ordenou na visão. Eu percebi em meu sonho que eu estava
então falando com a língua da carne, e com meu fôlego, que o Poderoso
colocou na bôca dos homens, para que eles pudessem conversar com
Ele.
(18) Os quais pertencem ao mundo. Ou, “os quais (são) da eternidade”
(Knibb, p. 95).
2
Eu entendí com o coração. Assim como Ele havia criado e dado aos
homens o poder de compreender a palavra de entendimento,
assim criou, e deu a mim o poder de reprovar os Sentinelas, a geração
dos céus. E escrevi sua petição; e na minha visão foi-me mostrado que
seu pedido não lhes será atendido enquanto o mundo perdurar.
3
Julgamento passou sobre vós: vosso pedido não vos será atendido.
4
De agora em diante, nunca ascendereis ao céu; Ele o disse que na terra
Ele vos amarrará, tanto tempo quanto o mundo existir.
5
Mas antes destas coisas tu verás a destruição dos vossos bem-amados
filhos; não os possuireis, mas eles cairão diante de vós pela espada.
6
Nem pedireis por eles, nem por vós mesmos;
7
Mas chorareis e suplicareis em silêncio. As palavras do livro que eu
escrevi.(19)
(19) Mas chorareis… Eu escrevi. Ou, “Assim também, a despeito de
vossas lágrimas e orações, não recebereis nada, de tudo o que está
contido nos registros que eu tenho escrito” (Charles, p. 80).

Nefilins

O Nome de DEUS

Deus Anjos e anjo

O Nome de DEUS que a Bíblia apresenta pela primeira vez foi YHVH denominado de o Tetragrama (as quatro letras) sendo que cada letra representa um Nome.

Y (I ou J) = Yhaweh, Iavé, Jeová.

H = Hosana.

V = Vahana.

H = Havana (Horebe?)

Muitos acreditam que o Nome de DEUS em hebraico é também Elohim (Deus criador), deste Nome temos em outros idiomas, Deus, Deos, Deum, Dios, Dio, God, Gog, Gott, Allah, Shàngdi e Zeu.

Na figura esta DEUS no Trono e dois anjos ao seu lado, diante dele esta o acusador conforme Jó 1:6

O Nome de DEUS

Os Quatro Anjos do Apocalipse

os quatro anjos

Estes quatro anjos são do Gênesis (Bíblia e histórias com escrita grega), é como se fosse uma hierarquia sendo um mais poderoso que o outro, eles sai (surge) do Rio Eufrates e tem por missão acompanhar um exército enorme de duzentos (200) milhões de homens que entraram em ação no alto Oriente Médio; estes homens são iraquianos, sírios, libaneses e indo.

E tocou o sexto anjo a sua trombeta, e ouvi uma voz que vinha das quatro pontas do altar de ouro, que estava diante de Deus,
A qual dizia ao sexto anjo, que tinha a trombeta: Solta os quatro anjos, que estão presos junto ao grande rio Eufrates.
E foram soltos os quatro anjos, que estavam preparados para a hora, e dia, e mês, e ano, a fim de matarem a terça parte dos homens.
E o número dos exércitos dos cavaleiros era de duzentos milhões; e ouvi o número deles.

Apocalipse 9:13-16


O papel principal destes anjos é combater contra os Cavaleiros do Apocalipse e mais ainda, depois da saga de Abadom estes Quatro Anjos iram lutar e vencer os Quatro Carros e Cavaleiros (Michonit, Avir) dos Livros semitas e hebreu descrito por Zacarias.
Zacarias 6:1-8

Os Quatro Anjos do Apocalipse

Anjos e Cores

angel colors wings

Anjos com asas coloridas são: Começa se explicar e entender através das cores (espectros e fotos) do Arco-Íris (o Arco de DEUS), cada cor do Arco representa um Céu, estes Anjos são mais chamados de Seres Celestiais (Bnei e Benai) como também de Criaturas Aladas (com asas); a origem destes esta no Ruach (Vento), Shay (Nuvem) e Mayim (Águas).

Os semitas e hebreus os chamam de Taverim (Tav pode ser traduzido como tudo e todo ou as vinte e duas [22] cores das letras mosaicas), o Arco de DEUS é como um portal de viagens para mundos.

Aqui esta o significado das Catedrais e Igrejas com pinturas angelicais coloridas em seus “vidros”.

#ComicsBíbliaeMitologia

Anjos e Cores

O SENHOR dos Exércitos

Yahweh Tsabaoth O SENHOR dos Exércitos

É um dos Nomes de Deus que o revela como um Poderoso Guerreiro, em primeiro lugar os exércitos do SENHOR é composto pelos deuses, depois são os anjos (Deus é como um General e tem os seus capitães que são os grandes deuses e os arcanjos).

Yahweh Tsavaoth que significa o SENHOR que se volta para Justiça e é claro não com criaturas pacíficas, mas com seres hostis que guerreiam com Deus nos céus e na criação.

Deus esta acima de Cristo (Jesus) e então seu Filho é o Senhor de outros filhos de Deus e de outros senhores e reis nos céus, como também é Senhor de anjos (hierarquias angelicais).

Isaías 13.4 . . . O SENHOR dos Exércitos passa em revista o seu exército para guerra.

#DEUS

O SENHOR dos Exércitos