A Mão #Daniel5

daniel chapter five (5)

Trata-se dos significados que a Mão trouxe naquele período.

Na mesma hora apareceram uns dedos de Mão de homem, e escreviam, defronte do castiçal, no reboco da parede do palácio real; e o rei observava a Mão que estava escrevendo.

Esta é a inscrição que foi feita: MENE, MENE, TEQUEL, UFARSIM.
Esta é a interpretação dessas palavras: Mene: Deus contou os dias do teu reinado e determinou o seu fim.
Tequel: Foste pesado na balança e achado em falta.
Parsim (Peres): Teu reino foi dividido e entregue aos medos e persas.

Daniel 5:5 Daniel 5:25-28

A Mão trata-se de um estudo (revelação) que se origina no Olam (Eternidade) e certamente antes do Alereshit (Primeiro Princípio); isto foi testificado para nós nestas palavras: Bereshit “Bara” Elohim . . . , que se traduz assim: O Corpo de Deus (“deuses”) no Começo . . . , a Mão então faz parte do Corpo de Deus e pode-se dizer no original Ya (Mão Esquerda, Destra).

Mene significa contar e outra vez Mene significa Medir, Tequel significa Justiça, Peso e também um tipo de medida usada pelos arameus e persas; primeiro Ufarsim que significa dividir as riquezas, depois Parsim que significa o próprio reino Medo Persa e por fim Peres que se trata do neto de Jacó que depois do seu nascimento pessoas de sua família estiveram entre os Medos (Madai), ou seja, na genealogia de Jesus estão sim os medos e não os midianitas, portanto os “Medos” serão o único povo que restará depois da plenitude dos gentios no Reino de Cristo (Milênio).

Estas quatros palavras traz outras coisas como por exemplo o futuro do reino dos homens dividido entre Dario, Ciro, Cambises e já o reino dividido dos Gregos.

OBSERVAÇÃO: O Livro de Daniel foi escrito em Aramaico, Siríaco, Medo e Persa.

Anúncios
A Mão #Daniel5

Efésios 6

efésios 6

Éfeso era uma cidade localizada na Asia menor (Atual Turquia), ela fazia parte das Sete (7) principais Igrejas da Região, seus moradores eram na maioria descendentes do Titã Inventor Hefesto (Efesto) o deus do Fogo, o Apostolo Paulo (Saulo) recebeu esta tremenda revelação e a entrega aos cristãos deste local que se tratava de Batalhas (Guerras e Lutas) espirituais que aconteciam desde o evento de Daniel capítulo 10.

Paulo em sua visão vê um Guerreiro (Soldado) que lutava em favor da Igreja de Cristo, este Guerreiro combatia contra o Mundo Tenebroso um Império em Trevas onde tinha (têm) entidades invisíveis do mal do Titã Ares o deus da Guerra junto e contra Hefesto que atacam a Igreja, o Guerreiro veste uma Armadura usa Armas que representam épocas (períodos) importantes da Igreja em toda Terra.

Vejamos:

Capacete = Representa a Igreja Judia e Prosélita, pois Jesus (Iesous) afirmou: A Salvação vêm dos Judeus.

Escudo da Fé =  Representa a Igreja Messiânica (Hebreus que acreditam que Jesus é o Yeshua e o Messias ou Mashiach).

Couraça da Justiça = Representa a Igreja Romana com suas Leis de justiça.

Espada do Espírito = Representa a Igreja Espiritual que tem como primícia as coisas celestes, sejam Dons, Frutos, Revelações, Sonhos, Visões e Raptos (Quem esta Igreja representa nas Epístolas ?) e tem como base a Palavra de Deus.

Cinto da Verdade = Representa a Igreja e os seus Mártires (Fiéis, Testemunhas e Consumados).

Sapatos do Evangelho da Paz = Representa a Igreja Evangélica, uma igreja moderna e atual com suas diferentes doutrinas e tradições; é claro é uma Igreja de origem nas palavras do Profeta João Batista (Yohonan o Imersor) e Jesus que nos trouxe o Evangelho (Boas Novas).

Este Tempo (Tempos) se iniciou com Império Babilônico e terminará no início do Reino Milenar (Milênio) de Cristo, este tempo é chamado Tempo (Dispensação) dos Gentios (Povos, Nações, Raças) fica uma pergunta, haverá Igreja na Terra durante e depois do Milênio ?


 

No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.
Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue (contra seres humanos), mas, sim, contra os principados (príncipes), contra as potestades, contra os poderes das trevas deste século (mundo tenebroso), contra as hostes (forças, virtudes) espirituais da maldade, nos lugares (regiões) celestiais (nos ares).
Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau (um período e tempo de batalhas espirituais) e, havendo feito tudo, ficar firmes.
Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;
E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos,
E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho,
Pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar.

Efésios 6